24 setembro 2014

O que você faria se uma criança de rua lhe pedisse um livro?

O Fantástico, programa de entretenimento da Rede Globo tem um quadro chamado "Vai Fazer O Quê?". A proposta é apresentar situações delicadas, como maus tratos à cachorros e desrespeito às vagas especiais de estacionamento, para pessoas comuns e observar a sua reação. No domingo retrasado (14/09/14), foi exibido um episódio muito peculiar (assista aqui). Um jovem ator se passou por um menino de rua para pedir uma coisa surpreendente. Não foi dinheiro, nem comida. Ele pediu um livro.

Em frente à uma livraria, o garoto abordou várias pessoas e fez a mesma pergunta: "Moço(a), você pode comprar um livro pra mim?" Algumas pessoas passaram direto, outras responderam o automático "não tenho". Mas outras pessoas escutaram o pedido, que foi feito para outro alguém, e voltaram para conferir. Uma moça prometeu que voltaria, e voltou. Até ajudou o garoto a escolher um livro.

Ao ser questionado se sabia ler, o ator respondeu que não, e perguntou se a pessoa poderia ler para ele. E foi incrível a quantidade de pessoas que pararam para ler com o garoto. Algumas em grupo, outras sozinhas. Outras que disseram não ter o dinheiro mas pararam para ler para o garoto. Foi emocionante.


Você já pensou se cada criança de rua tivesse acesso à um livro? Será que o mundo não seria diferente se elas também tivessem contato com inúmeras viagens, aventuras e amigos novos? E as pessoas que vivem correndo de um lado para o outro, dando tudo de si ao trabalho, se preocupando em ter um estilo de vida bacana e esquecendo de viver? E se elas dedicassem cinco minutos do seu tempo para ler para uma criança de rua? Será que elas não iriam perceber que há algo que possa ser feito, que a esperança ainda não foi perdida? Porque, apesar de falarmos tanto que "as crianças são o futuro", acabamos não contribuindo para esse futuro. Hoje vejo crianças que dizem precisar do novo videogame, do novo celular ou do jogo que lançou semana passada para serem felizes. E quem sabe se os produtores do Fantástico estejam certos e nós realmente podemos fazer uma criança feliz com algumas poucas palavras e alguns poucos minutos. Vendo por esse lado, mudar o mundo não fica parece tão difícil, não é mesmo?

E você? Já pensou em ir à um orfanato e se oferecer para ler para as crianças? Já pensou em ir à igreja mais próxima a sua casa e perguntar se há alguma criança que talvez só precise de um empurrãozinho para ter alguma esperança de mudar de vida? E se você adicionasse um projeto como esse à sua lista de "o que fazer em 2014"? Afinal, como disse o sábio Mário Quintana: "Livros não mudam o mundo, livros mudam as pessoas. As pessoas é quem mudam o mundo."

20 comentários:

  1. Poxa, que lindo! Queria ter visto esse episódio. Gosto da proposta desse programa, e essa ideia foi genial. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposta é realmente muito boa, e esse foi sem dúvida um dos melhores episódios.

      Excluir
  2. Lindo demais! Ainda temos boas pessoas no mundo. Gostei muito da ideia!
    bsaccani.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom ver que existem pessoas assim!

      Excluir
  3. Nossa que lindo isso! Eu não estava em casa domingo, não assisti, mas me emocionei com o post. Vou por em prática essa ideia e ver se posso contribuir na minha cidade.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tem alguma campanha de doação de livros ou de leitura mesmo rolando, é sempre bom ajudar!

      Excluir
  4. Que ideia mais sensacional! Eu sempre estou doando meus livros que não quero mais pra instituições carentes ao invés de vender ou trocar no Skoob, por exemplo! Mas essa ideia de ler um livro pra uma criança, vou ser sincera que nunca pensei e olha, dá vontade mil de colocar em prática! Vou até pesquisar mais sobre isso!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ideia foi realmente sensacional! E inspirou várias campanhas que surgiram depois da matéria!
      Beijão!

      Excluir
  5. Oi Wal (posso chamar assim?) *-*

    Eu super me comovi com essa história e também postei no meu blog sobre ela, hoje mesmo! Adorei chegar aqui e ver que você também se emocionou com tudo isso. Eu tenho muuita vontade de fazer alguma das coisas que você citou, e um dia irei fazer mesmo! Com toda certeza eu pararia se ouvisse um pedido desses, sabe? Sinceramente, eu pararia e escutaria. Mesmo que eu não tivesse nada no bolos, voltaria pra casa, tiraria um livro da estante e voltaria até o menino. Acho tão lindo incentivar a leitura, em um momento como esses então...
    Post ótimo!

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Claro que pode me chamar assim! Algumas pessoas na matéria não compravam o livro, mas leram. Afinal, cada um faz o que está ao seu alcance, o importante é fazer alguma coisa!
      E muito obrigada!
      Beijão!

      Excluir
  6. Oi Wal, tudo bem?

    No incio eu iria ficar meio assustada porque realmente ninguém te para na rua para pedir um livro. Já me pediram fralda, casaco, comida, mas nunca livros. Depois, com certeza eu iria comprar um livro para a criança.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kel! Tudo bem sim!
      Eu confesso que também ficaria assustada, porque, infelizmente, não é comum :/

      Excluir
  7. fui ver o episódio nossa, eu chorei, sim eu chorei, me emocionei, mesmo não sendo real, é triste sabe ver crianças na rua, ai você acaba vendo a generosidade de tantas pessoas, mesmo que algumas passaram e nem ligaram para ele
    amei esse post eu me emocionei seguindo o blog
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi realmente muito emocionante!
      Obrigada, Carol! Beijão!

      Excluir
  8. Ola Waleska, tudo bem?
    Foi realmente emocionante ver a atitude de algumas pessoas. Me emocionei de verdade, mesmo não sendo um situação real, porque várias crianças vivem a triste realidade que foi encenada pelo ator mirim.
    Acredito que o mundo seria um lugarzinho melhor se todas as crianças tivessem acesso e oportunidade de ler, de estudar e de ter um lar.

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo sim! Concordo com você, Maiara. Coisas tão simples que podem mudar o mundo de uma tal maneira...

      Excluir
  9. Eu vi essa matéria, fiquei super contente ao ver pessoas dispostas a ajudar.
    Colocar coisas boas na cabeça das crianças é uma forma de torná-las adultos melhores.
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Cara, eu vi neste dia! amo esse quadro e esse episodio foi o que mais me emocionou.. acho q eu nao saberia o que fazer, por que geralmente as crianças, pelo menos aqui na minha cidade, pedem coisas do tipo, salgadinhos, balas, dinheiro pra comprar bebida e enfim, é complicado. Achei uma iniciativa muito boa do programa !

    Beeijos, ♥

    http://www.paaradateen.com
    http://www.facebook.com/PAARADATEEN
    INSTAGRAM: @luannaandrade_

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! E o mais legal é que várias campanhas surgiram, incentivadas pelo programa!

      Excluir